Mozambique: Acute Malnutrition Situation March - May 2018 and Projected September 2018 - February 2019
VALIDITY PERIOD
01.06.2018 > 28.02.2019
March - May 2018 
September 2018 - February 2019 
 
   legend

Key
results


Population
estimates


Recommendations
& next steps


Acute
Malnutrition


DISCLAIMER: please note that this IPC Acute Malnutrition analysis was integrated with an IPC Acute Food Insecurity analysis referring to almost the same period (April - September 2018). Please click here for more information.

Período de Março-Maio 2018

Neste período, que corresponde a época de pré-colheita, o número de casos de desnutrição aguda estimados é de cerca de 34,000 crianças destas, cerca de 6,000 com desnutrição aguda grave e 29,000 com desnutrição aguda moderada. O distrito de Namuno na província de Cabo Delgado foi o único em situação de alerta (fase 2 do IPC-DA por Peso para Altura) e os restantes 8 distritos  classificados em situação aceitável. Refira-se que para igual período do ano passado (2017) o distrito de Namuno havia sido classificado em situação critica (fase 4 do IPC-DA por perímetro braquial). Esta mudança na situação é provável que seja relacionado a mudança no método de recolha de dados usado na recente avaliação sazonal de nutrição – inquérito SMART – que foi representativo para o distrito e desnutrição aguda medida pelo índice peso-para-altura. Por outro lado, as respostas de emergência (baseadas na comunidade) intensivas que vêm sendo levadas a cabo naquele distrito (incluindo Chiúre).  Note-se, no entanto, que apesar do distrito de Milange (província de Zambézia) estar em situação aceitável, este é o que apresenta maior número de crianças afectadas com 11,800 crianças seguido de Namuno com 5,984 e Chiúre com 4,614 crianças. 

Projecção Junho–Agosto 2018 e Setembro 2018–Fevereiro 2019

No curto período de tempo da primeira projecção, que corresponde a época de colheita e pós-colheita, um distrito poderá mudar de fase: Macossa poderá passar para a fase alerta/grave (fase 2-3 do IPC-DA por perímetro braquial). O distrito de Macossa tem um padrão epidemiológico atípico do resto do país. Dados históricos para o mesmo período de projecção dos passados dois anos (2016 e 2017) mostraram registos de casos consideráveis de malaria onde cerca de 5850 e 5757casos registados em 2016 e 2017 respectivamente. Note-se, no entanto, que a mudança de fase projectada pode ser provável uma vez a percentagem de desnutrição aguda observada em 5.4%, precisando apenas de 0.6% para mudança.  O distrito de Namuno poderá registar ligeiras melhorias na situação, todavia sem mudança de fase. Por sua vez, para a segunda projecção de Setembro 2018–Fevereiro 2019, correspondente a época de escassez, a situação poderá deteriorar-se para todos os distritos com impactos sobre a mudança de fase nos distritos de Balama (Cabo Delgado) e Marara (Tete) para fase alerta/grave (fase 2-3 de IPC-DA por perímetro braquial) e Milange (Zambézia) para a situação de alerta (fase 2 de IPC-DA por peso-para-altura). Em geral, o distrito de Namuno continua sendo o mais vulnerável para todos períodos de analise. Factores Contribuintes As causas imediatas, em todos os distritos analisados (especialmente nos distritos mais afectados), são: quantidade e qualidade muito baixa da alimentação infantil e complementar; doenças, especialmente a diarreia, malaria. As causas subjacentes são principalmente as práticas de aleitamento/aleitamento materno exclusivo; aliado à baixa procura dos serviços de saúde onde existe uma cobertura muito baixa do Programa de Reabilitação Nutricional (falta recorrente de suplementos nutricionais e fraca rede comunitária para fazer busca activa dos casos de DA); e baixo acesso a fontes de água segura e não disponibilidade de saneamento do meio melhorado e insegurança alimentar na situação de estresse e critica em determinadas áreas. Além disso, nas causas básicas destacam-se os altos índices de analfabetismo, com maior prevalência nas mulheres (> 60%), e uma baixa cobertura de unidades sanitárias e fraco acesso às mesmas, fraco saneamento, altos níveis de pobreza nas zonas rurais, entre outras. Uma visão completa dos factores que contribuem para a desnutrição aguda junto com um enfoque sobre os resultados da análise dos distritos mais afectados para desnutrição aguda são apresentados nos apêndices.

 Compare with other Analysis


Country Related Information



Contacts





Join our mailing list  

  >